Visita
Requerimentos
Todos Juntos Contra a Pedofilia
Indicações


Na Sessão Ordinária de segunda-feira, 6 de junho, a Câmara de Vereadores aprovou 4 requerimentos. Confira a seguir:

Requerimento 53/2016 de autoria do vereador Ian Salomão, com assinatura de apoio do vereador Reinaldo, que requer ao Prefeito Municipal informações referentes a Escola de Música e a “Lyra Maestro Roque Soares de Almeida”, de Paraguaçu Paulista.

De acordo com a justificativa do requerimento, são várias as reclamações dos munícipes com relação ao estado de conservação do prédio da Escola de Música em nossa cidade, com rachaduras nas paredes, infiltrações, goteiras em vários pontos do prédio, além do fato de que os instrumentos não passam por revisões permanentes.

“Vários alunos ficam impossibilitados de fazer seus cursos com a frequência necessária e ainda consta a falta de funcionários para a área administrativa. Também é de conhecimento deste vereador que o contrato do maestro da “Lyra Roque Soares de Almeida” não foi renovado, e a mesma está com as suas atividades prejudicadas pela falta deste profissional”, explicou o vereador Ian.

O vereador questiona em seu requerimento se existe previsão para a recuperação das avarias existentes no prédio da referida escola; e o motivo pelo qual o contrato do maestro não foi renovado.

Requerimento 54/2016 de autoria da vereadora Professora Delmira, que requer ao Prefeito Municipal informações sobre a manutenção de bueiros bem como a construção de novos em ruas do distrito de Roseta.

Existem alguns bueiros em Roseta para captar enxurradas e evitar que as águas invadam quintais e residências. A vereadora Delmira já encaminhou indicações ao Executivo solicitando que fosse realizada a manutenção dos bueiros existentes, bem como estudo para a construção de novos.

“Ressaltamos que ainda não ocorreu a manutenção e nem a construção de novos bueiros, e também não foi feito algo no sentido de evitar o grande fluxo das enxurradas, com o desvio das mesmas. Com a falta de providências, apesar da indicação, as chuvas constantes fizeram com que as enxurradas invadissem os quintais, e acabaram por adentrar as casas das pessoas, causando sérios transtornos e prejuízos, além de sujeitar os moradores a possíveis doenças”, destacou a vereadora autora.

A vereadora questiona qual a previsão para que melhorias sejam feitas e se há a possibilidade da construção de novos bueiros em Roseta.

Requerimento 55/2016 de autoria da vereadora Professora Delmira, com assinatura de apoio dos vereadores Kátia do Jornal, Miguel Canizares Júnior, Nilson Itelvino e Paulo Japonês, que requer ao Prefeito Municipal informações sobre a creche construída pela empresa Raízen de Paraguaçu Paulista.

No final de 2015 foi concluída a construção de uma creche localizada na Barra Funda, nas proximidades do Conjunto Habitacional Humberto Soncini, para atender em período integral 60 crianças. A construção só foi possível graças aos recursos financeiros e a administração da empresa Raízen, cujo objetivo seria suprir necessidades do município, visando atender com boas e adequadas condições a clientela escolar do Conjunto Humberto Soncini e outros.

Em seu requerimento, a vereadora questiona se a empresa já efetuou a doação da creche para o Executivo; se já houve licitação para a compra de materiais e também para obras de cercamento, paisagismo, iluminação externa, etc; e qual a previsão para que a creche inicie suas atividades.

Requerimento 56/2016 de autoria do vereador Reinaldo, com assinatura de apoio dos vereadores Ian Salomão, Onório Anhesim e Vilma Bertho, que requer ao Prefeito Municipal informações ou esclarecimentos sobre a eventual perda dos computadores estocados no prédio da escola Vail Justiniano de Toledo, bem como a situação dos alunos da EMEF Prof. Terezinha de Lourdes Cação Goya, que utilizam aquela escola.

De acordo com a justificativa, o objetivo do requerimento é obter esclarecimentos junto ao Poder Executivo a respeito das condições do prédio da escola Vail, que há anos vem servindo de depósito de vários materiais, bem como tem sido o socorro educacional de outras escolas que passam por reformas; em especial esclarecimentos quanto ao estoque de computadores que lá permanecem há aproximadamente 8 anos sem qualquer utilização.

“Outro esclarecimento que se faz necessário é a utilização do prédio da escola Vail pelos alunos da EMEF Prof. Terezinha de Lourdes Cação Goya que, estando com seu prédio em obras há muito tempo, utilizam parte daquela escola. Há relatos de munícipes informando a interrupção de aulas em razão da falta de estrutura na escola por várias ocasiões, em especial das chuvas que recentemente vitimaram nossa cidade. Outra questão é o tempo de permanência dos alunos citados em razão dos custos de transporte e os riscos assumidos pela municipalidade nesta operação”, ressaltou o vereador Reinaldo.

Sessao Ordinaria de 6 de junhoVereadores discutem e aprovam requerimentos em Sessão Ordinária

Ian Salomao

Ian Salomão

Professora Delmira

Professora Delmira

Reinaldo

Reinaldo